Valor

🌬️Digo sempre que todos lutam por alguma causa. Alguns por luxo, fama, glória, mais dinheiro que se possa contar. Outros... Talvez lutem por algo mais profundo. Sempre existirá alguém com um chamado para abrir um novo caminho, para explorar a vida em diferentes níveis. Os caminhos do inconsciente são perigosos mas satisfatórios. O resultado é … Continue lendo Valor

Casa de Passarinho faz falta no meu aconchego pessoal. Saudades.

Caminha!

Este foi assim! Veio como o vento... Vou lhe contar: Eu caminhei por tal lugar despercebido. Segui firme em encontro com aquilo que haviam me consumido. Trouxe lá do pé de Minha Vida força de vontade pra começar com sinceridade. Arrecadei alguns sorrisos quando passei e vesti em mim toda a estranheza que herdei. E … Continue lendo Caminha!

Abrindo a ferida.

Vulnerabilidade é o que vejo faltando ser exposto. Muitas vezes em mim, muitas vezes no outro. Mas sigo firme e com gosto, mostrando pra quem quiser conhecer, da fachada ao interminável esboço. O medo É Real. E é lógico que ele trave o mais puro sorriso sem nenhum sentido. Quem já foi TÃO criticado não … Continue lendo Abrindo a ferida.

Encantado.

Ê Trovoada que não para de bater na porta! Ê cantança que nunca se encontrará morta! Viva A Rainha Serena da Noite! Dama de Preto no Horizonte! Seja bem-vinda querida Grande Fonte! Que de minha Mãe Divina se tornou Caminhante! Caminhou e caminhou... E se corroeu de dor ao ver-te em prantos. Que espanto foi, … Continue lendo Encantado.

Deusa Existência.

Vem e vai como Um De peito aberto Despachado Inconsciente & Calado Condenado a si mesmo Tamanha Essência! Uníssona. Corra para dentro de Si! Sobe rápido as escadarias da vida de cá! Caia veloz pelas cachoeiras da vida de lá! E ainda sim falo sobre Existência. Ainda sim falo sobre o mistério de nossa experiência. … Continue lendo Deusa Existência.

Você sabe o que tem lá?

E pensar que toda minha pequenez se passou aqui, onde ninguém vê. Valor não! Dinheiro sim, muito desse novo Deus se vê por aí. Diversos templos ele tem! E no meio de um caos que eu nem sabia que existia, Eu, tão eu que fui sempre! Dono dessa montanha mãe e filha, Senhora chuvosa e … Continue lendo Você sabe o que tem lá?

Solidão, Veneno, Vício e… Prazer! -Thiago.

LIBERTA! A solidão é o veneno. É a droga. É a cura. É o abraço amargo e morno do "caminho". Muitas vezes sem amor, incompreendido e sem iguais. Este é o caminho das bordas, é o caminho das insignificâncias e das discórdias. É também o caminho do professor, muitas vezes mestre, outras vezes apenas um … Continue lendo Solidão, Veneno, Vício e… Prazer! -Thiago.

Parada

Não escuta mais trovões Nem Raios Nem para pra sentir trovoada Nem nada, felicidade parada. Nem ver Luz, de céu em arrancada ESTRONDO! Nem nada. É tudo perdido, felicidade parada. Não vem mais carro na porta de casa Não tem mais beijo de madrugada Nem o assoviar de ventania bonita em doce balada Ninguém parado, … Continue lendo Parada

Recém Chegado.

Ainda persiste em me comover... Tais Carregadores sofridos de rancor e pavor. Numa convulsão de pesar o punho em mil sentimentos descontrolados e seus ciclones de internos acontecimentos. Se pensa ser seriedade e prudência como naquele utópico Capricórnio, está enganado. Que faça bem fundo a faca de corte no véu da alma. Que mate o … Continue lendo Recém Chegado.

DEU(S)união

Ó Chama de minha criação ofuscante sobre todo pavor. Crescente, ardente, queimando tudo que é temor. Não me bato mais. Não se bata mais! Essa culpa nunca foi sua, jamais! Não se desfaça no resto de sua única vontade. Não seja descrente do Deus que tu é de verdade. Talvez a paz venha pra te … Continue lendo DEU(S)união

Me Despedir!

[1/10 16:26] Thi: Uma vontade de chorar tudo [1/10 16:26] Thi: Me bate uma tristeza às vezes, uma saudade de ver meu mundão [1/10 16:26] Thi: Ver terreiro, ver chão, ver terra, ver carvão [1/10 16:26] Thi: Me despedir de tudo [1/10 16:26] Thi: E voltar pra minha casa [1/10 16:26] Thi: Ver minha mãe … Continue lendo Me Despedir!

Eu perdôo.

Diga, mentalize, assim esteja vivendo! Eu me perdôo. Eu vou perdoar meus pais agora. Eu perdôo vocês dois por terem feito o que fizeram e por serem exatamente como são. Eu amo vocês do jeito que são. Tudo faz parte de quem são, também faz parte de mim. Deram seu melhor, assim como o Thiago … Continue lendo Eu perdôo.

Realidade Estilhaçada

Parei pra ver estrelas contando sites de estatística sem conexão Eu vi as guias abertas do vazio na minha mão Eu vi o deep 'webverso' e seus arquivos mais secretos em cada traço Senti dentro de meu drive gigantesca convulsão de espaço. Tracei então confuso na entrada de ar Um novo método para programar Reciclando … Continue lendo Realidade Estilhaçada

Perfeita Solitude.

Eu vi uma árvore mexer a mão... Eu VIVI uma Rainha Troncosa suplicando perdão! Também estive naquele Céu Azul a girar! Consegui até trazer toda a Luz do Sol em meu Caminhar! -E por cada espaço que me cabia, eu andava esbanjando o sorriso que me consumia! E nos Cantos Celestiais Através dos Supremos Ventos … Continue lendo Perfeita Solitude.

Óh, Mãe

2:30 Saudade de pisar na terra! Sem as incertezas de quem tanto erra. Saudade de caminhar sem medo... De me sentir vivo até a ponta do dedo. Viver de verdade! Em completude com a Realidade Eu fui feliz... Eu tomei banho naquela água de simplicidade! Não sou mais Eu aqui nessa cidade... Aqui, caem pedaços … Continue lendo Óh, Mãe

Cristal Reencarnado

Cristal Reencarnado terça-feira, 7 de maio de 2019 02:29 Retornei E retornei como um furacão Solene Sem sermão Pois então, nada foi em vão Obrigado ser iluminado Que do alto observa tudo E por nada é julgado Sabe do que falo e sei do que pensa Sabemos que é de tal forma intensa A chegada … Continue lendo Cristal Reencarnado

Tudo de mim.

É de estremecer e sob O Sol adormecer Esse calor que vêm de você! Vindo de cima feito flecha Para a Grande Vontade abrindo brecha. Iluminando o que estava escuro Fazendo calmo o homem impuro Entristecendo o falso-corpo-torto Seco, dolorido, quase morto. Graça em ti, boas notícias! Vindas de cima sem carícias. Sou inteiro e … Continue lendo Tudo de mim.

tempérance

E mesmo se faltar mesmo se eu tiver que te carregar Eu carrego sem pensar Minha paz é bonita de cantar Cada um, unicidade e fome de viver. Buscando comunhão com o presente saber. Feitos de cores que nunca perecem. Agulhas que de ponto serene e lento, o Universo tecem. Passando por cada contorno intrincado … Continue lendo tempérance

Meu Reino

Você gostaria de ouvir isso? De sentir essa brisa leve? De me ver crescer? Estou aqui, consegue me ver? De lá do alto na montanha eu te via Da madrugada eu já te sentia Partia em direção ao nosso ninho Quem me dera estar agora do teu ladinho No nosso cantinho, nosso meio Que nunca … Continue lendo Meu Reino

(Des)esperar

A vida é uma novela Entre tijolos e passarelas Que eu construí na contra mão Das gargalhadas do meu coração. A vida é uma passagem sem sentido Da qual trago o riso desta canção De esquerda, direta e sem a real visão Do sagrado sentido desta missão. Do meu corpo, então Jorraram prazeres de solidão … Continue lendo (Des)esperar

Senhor dos Tronos

PETRIFICADO. O dente rangendo A mente se desgastando Escorrendo saudade por tudo Num Temporal interno e mudo. Nada se faz no vazio que tolhe. No vazio que a gente escolhe. No vento que a gente não sente. Que não permite que caia a semente. Somente um nada latente. Crescendo tão estridente Apenas molde de outra … Continue lendo Senhor dos Tronos

Even if I can’t understand.

Be happy. @algumthiago por Mirakee

Descartável

Apesar de tudo, eu amo. Você não escolheu. Mas eu amo. Não te escolhi pra me amar. E você me fez acreditar. Não fiquei todo dia a sua espera Nós esperamos juntos E no meio de muitos Resolvemos ficar Juntos até mesmo pra chorar. Aí me encontro num canto sem abrigo Chorando por este castigo … Continue lendo Descartável

MEu.

Isto aqui é sobre mim. O que EU quero, enfim. Eu. Nada tão único, tão incrível! Quanto o MEU, Amor. Meu Amor que trago no peito! Brilhante florescente, pós florido de Amores sem acaso. Próprio. Meu próprio caso. Carícias de próprio afeto, nada raso. Profundo! Quase se afogou! Mas não EU. Nunca me afogo no … Continue lendo MEu.

Castelo de Ar

Algumas lembranças Numa sacada escura e fria Ficaram jogadas Vendidas, seladas. Nada tinha a perder Tudo se transforma no querer Mas e se a gente cansar? Bom, sozinhos não vamos ficar 🙂 Numa inconstância imprevista de nossa certeza mista O agora ficou pra depois No amor que depende de dois. E hoje, só sei que … Continue lendo Castelo de Ar

Sem pressa.

Deste lugar vou sentir falta de cada gota de chuva que eu não consegui provar. E quando eu lembrar Que me lembre devagar Sem pressa... Que um dia meu céu venha me acalmar. @dothicom - Instagram @algumthiago - Mirakee

Sem fim.

É o tipo de coisa que não se processa É talvez a falta de informação Falta de coragem no coração Quando pensou que tudo foi em vão Me deixar assim sem fim catando os pedaços de mim E você no fim de estações Juntando um pote de corações Você me deixa trêmulo de suor Desejo … Continue lendo Sem fim.

Inconstância progressiva

Curvas contorcidas Parecem as curvas lá de casa Hoje no meu cemitério de memórias Carregando valiosas e honrosas histórias Com prazer crescente E dor incessante Que me trás de volta em cada dia Aquele abraço do Sol e seu calor amante Nada se compara aos santos dias De minhas terras e vias Nada sobrou. Arrancou-me … Continue lendo Inconstância progressiva

Voar junto por aí!

Será mesmo que o tempo é o remédio para a borboleta? Ela não estava acostumada a voar, era só uma lagarta. Numa reviravolta, mesmo sem querer de cara, permitiu-se sentir transformação. Se encontrou de verdade! Confortável, sendo amada, sendo querida até por si. Recebeu promessas do céu azul! Recebeu beijos do ar mais doce e … Continue lendo Voar junto por aí!

Nós

Você me pede paciência Que vontade de aprender esta ciência! Mas se for esperar pra amar Sigo tranquilo no que eu tiver pra aguardar! 🙂 Amor que arde de cima abaixo Sei bem que aqui me encaixo. E sigo firme até o topo. Confiante do calor em meu corpo. Fogo essencial que nunca se foi! … Continue lendo Nós

Senhor do Tempo.

(jogado) Numa destas tais trilhas da vida Sem controle do início, da partida Corri pro infinito, distraído cantando Ninguém presente e consciente me guiando. . Busquei afeto em silhueta marcada a ferro triste por ter e saber nada sobre aquilo que carrego Encantado com o mundo disposto Disponível a qualquer brilho no rosto! . Numa … Continue lendo Senhor do Tempo.

Feliz e Bom. (Conforto)

Não depende apenas do ofício Todo esse vício O tal barulho do caos, afinal Pode não ser tão mal. Quando a Realidade se distorce, todos os castelos se destroem. Enxerga quem quer ver. Deve-se gritar com vontade quando se faz necessidade de dizer que não é verdade uma só possibilidade. . Que tal qual "eu … Continue lendo Feliz e Bom. (Conforto)

Decadente? (O Fardo)

Tal inferno se apresenta A vida alegre que sustenta A vida merda que carrega A vida amarga que rega. . Que disfarce bom é amizade Fugir do foco da tempestade Correr por máscaras coloridas Viver atrás de outras vidas. . Que tal inferno eu sou Tenho ódio e de ódio vontade Tenho rancor, e sem … Continue lendo Decadente? (O Fardo)

Ei, Amor!

De meus cachos robustos surge a negritude de minha alma remoçada nas asas do prazer Em bagagens que não recordo em ter Em meu novo-corpo-velho toco a testa em sinal lento movimento no ar palavras leves evitando remoer remorso sedento. É meio que isso mesmo! Vivia por instinto curioso nada sabia pois nada tinha sem … Continue lendo Ei, Amor!

Meu Paraíso

Do clarão da janela via céu estremecer via água jorrar e correr enfim, meu solo morrer. Agora, nada mais via. já não sentia sua cor era só ele e a dor flutuando em seu próprio pavor... A realidade mudou. Minha casa agora é maior onde brilha sol e calor do teto infinito no verso de … Continue lendo Meu Paraíso

Estados

Estado Inicial: Tudo tão mEU. Tão intenso e íntimo. Meses de jornada sem parada. Momentos de emoção e desespero presos num malão. Cobertos e trancados pelo descaso até mesmo dos mais íntimos... Viva a vida sob véus! Pela verdade dou um novo significado: Sentado na mesma poltrona Sob a única luz no quarto Vejo um … Continue lendo Estados

Fraco

Experimenta nascer viado magrelo esquisito da roça pra ver como é É dia e noite um destrato Discreto... Encoberto com risada, "fraco" Quando cresce quer arte Cultura, dança, fazer parte Nada disso! Viado arrombado - CUIDADO Tá vendo o que fez? ESCOLHEU adoecer junto, "fraco" cuidado pra não morrer! Que morra sim! E não faça … Continue lendo Fraco

Força

Há momentos em que o "Eu" some, se enfraquece, fica no fundo da alma pedindo ajuda. Nesses momentos tão comuns a gente percebe o quão frágeis podemos ser sem o nosso porto seguro. Esse porto seguro muitas vezes são a convivência com amigos, os pais, uma leitura que conforta, cantar livremente ou mesmo dar uma … Continue lendo Força

Cárcere Privado

Bem vindo ao show

Momentos de loucura total e escuridão sempre estiveram presentes muito forte em minha vida. Às vezes a solidão fica fora de controle e me perco nesse meio, mas todo o resto do tempo é de um prazer gostoso de sentir. É bom ficar sozinho - mesmo tendo a necessidade de amigos presenciais muito forte em … Continue lendo Bem vindo ao show

Cadê minha turma?

Desde sempre venho tentando me encaixar em algum grupo, buscar pessoas interessantes para meu círculo de amizades, e esse tem sido um dos maiores dilemas no meu "edge of seventeen". Me sinto um lixo sempre que percebo o quanto fico quieto e sem assunto com algumas pessoas que escolhi estar perto. Isso consequentemente me faz … Continue lendo Cadê minha turma?